Manual de Cuidados

Prezades

Seja bem-vindes ao Arquivo da Casa do Povo.

Fundada a partir de uma associação cultural sem fins lucrativos logo após a Segunda Guerra Mundial, em 1946, a Casa do Povo foi erguida pelo esforço coletivo de uma parcela da comunidade judaica então chamada de “progressista”, originária da Europa Oriental, politicamente engajada e instalada majoritariamente no bairro do Bom Retiro.

Ao longo desses anos, a Casa do Povo construiu um arquivo composto por mais de 4 mil livros, centenas de fotografias, objetos e documentos que contam parte da história cultural da cidade, do Bom Retiro, da imigração judaica, da resistência à ditadura e da cultura ídiche. O acervo é aberto a pesquisadores e interessados mediante agendamento prévio feito pelo formulário (https://forms.gle/VD87w2QAgfa5pcVK6).

Sugestões são bem-vindas e podem ser enviadas para o nosso endereço de e-mail acervos@casadopovo.br.

•             No caso de documentos digializados, serão disponibilizados computadores do próprio Arquivo para que seja realizada a consulta.

•          É proibido comer e beber dentro da sala de consulta. Balas e chicletes também não devem ser consumidos durante o contato com a documentação.

•             Documentos que possuem cópias microfilmadas ou digitalizadas serão consultados através destas cópias, visando à preservação dos originais.

O que pode ser reproduzido?

Todos os documentos salvaguardados  pelo  Arquivo  são  protegidos  pela  Lei  de Direitos Autorais (Lei nº 9610/98). Assim, pedidos de reprodução de documentação serão analisados levando em consideração seu estado de conservação, a finalidade de sua reprodução e a necessidade de autorização dos detentores dos direitos autorais.

É permitida a reprodução com uso de máquina fotográfica sem flash somente dos documentos já publicados e que não contenham  anotações  manuscritas. Esse procedimento deverá ser orientado por funcionários especializados do Laboratório de Conservação e Restauro.

É proibida a reprodução plena de documentos originais e/ou inéditos, sal- vo com autorização por escrito dos detentores dos direitos autorais, também necessária quando do uso para publicações ou publicizações. Para finalidades acadêmicas, é permitida a reprodução, de forma não seqüencial, de 10% (dezpor cento) do total de cada código documental. Consulte nossos atendentes.

É proibida a reprodução xerográfica de qualquer documento salvaguardado.

Todos os pedidos devem ser encaminhados formalmente, por meio de carta dirigida à Coordenação do Instituto contendo:

  • Finalidade do pedido (pesquisa acadêmica, publicação etc.);
  • Identificação do Fundo ou Coleção de origem;
  • Identificação dos documentos, contendo códigos, títulos e tipologias documentais;
  • Nome e endereço completos do solicitante, incluindo telefones e e- mail para contato.

Por questões de segurança, o Arquivo não envia ao solicitante os materiais reproduzidos, por nenhum meio. Eles devem ser retirados pessoalmente no Serviço de Arquivo em seu horário de atendimento.

A Casa do Povo deseja-lhe uma excelente pesquisa.